sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Minha moto está dançando

De uma hora para outra sua moto começa a dançar, sem motivo aparente.

Vários fatores podem estar causando isso, então vamos em ordem crescente de complicação.

1) Irregularidades do asfalto

Já cheguei a parar mais de uma vez pensando que minha moto estava com problemas, quando o culpado era o asfalto fresado (removido para recapeamento, mas que parece o acabamento permanente em algumas estradas)

Além disso, algumas emendas do asfalto quase invisíveis podem ficar coincidindo com as rodas da moto, fazendo ela dançar pra lá e pra cá.

Mas essas causas são mais ou menos óbvias e fáceis de detectar (menos na chuva e/ou à noite), então vamos às outras possibilidades.

2) Pneus gastos ou murchos

Pneus velhos fazem sua moto dançar, livre-se deles antes que comecem a furar. Pneus com a banda de rodagem desgastada tendem a furar com frequência absurda, livre-se do abacaxi antes de ter dor de cabeça procurando um borracheiro na noite de sábado.

Baixa pressão dos pneus também causa oscilação e desvio de trajetória. A pressão pode variar bastante ao longo do dia, caindo cerca de 2 libras quando entra uma frente fria. 

Se o seu pneu já estava pedindo ar, e o tempo dá aquela esfriada, sua pilotagem pode ficar comprometida por isso. E o aumento do consumo de gasolina que isso causa, vixi...

3) Folga de rolamentos da roda

Isso é perigoso, rolamentos folgados a ponto de desequilibrar a moto podem travar ou estourar e levar você para o chão.

Para testar, segure firmemente a roda e force-a para os lados. Ela não pode se mover. Procure um mecânico assim que possível, não se acostume com isso!

4) Folga das buchas da balança

Algumas motos usam rolamentos de agulhas, outras usam buchas mesmo, mas a ideia é a mesma.

Uma folga nas buchas da balança não apresenta o risco de elas estourarem, mas o desequilíbrio que ela provoca na hora de fazer uma curva pode assustar e causar uma situação perigosa.

Faça o mesmo teste, mas prestando atenção na articulação da balança.

5) Folga ou desgaste do rolamento da coluna de direção 

Você percebe puxando o guidão para cima, não deve haver movimento. Se for apenas uma folga, um simples aperto resolve por algum tempo.

Mas uma hora esses rolamentos se desgastam, a pista fica marcada e a moto fica instável em linha reta.

6) Desgaste de bengalas e amortecedores

As bengalas não passam de enormes amortecedores, mas têm a vantagem de serem recondicionáveis. Uma troca de fluido pode ajudar a recuperar a eficiência. Já os traseiros, só trocando o par, se a sua moto for de amortecimento duplo.

Com exceção deste último item, todos os outros serviços são relativamente baratos, vale a pena voltar a colocar sua amigona nas melhores condições.

7) Por último, o pior problema de todos, e que pode passar despercebido por causa dessas causas mais comuns aí de cima, é o quadro de sua moto estar rachado...

De vez em quando, gaste um tempinho removendo o tanque e inspecionando o quadro para ver se não há alguma rachadura no tubo que fica sobre o motor ou nas proximidades da fixação do motor ou coluna de direção.

O aço do quadro das motos pode rachar por uso abusivo e fadiga, e algumas motos novas podem apresentar esse problema por falha de material ou projeto. 

É raro, mas não vale a pena correr um risco desse tamanho, quando se pode eliminá-lo com uma simples inspeção.

Um abraço,

Jeff
ATENÇÃO:
Conferir o óleo apenas tirando a vareta é errado e está destruindo seu motor! Os fabricantes divulgam informações contraditórias e o prejudicado é você. Veja a denúncia neste link.

18 comentários:

  1. Opa,

    Com relação ao ítem 1, vivenciamos essa experiência juntos... lembra??? Retorno de um bate e volta (Águas de S. Pedro-SP) em que São Pedro resolveu mesmo mandar água... Cansados, à noite e no Rodoanel (que havia sido inaugurado a pouco tempo) que já apresentava fresagem (prefiro não entrar em méritos da qualidade da obra... urgh). E foi um sufoco e tanto....
    Item 5 - Me ajudaste a detectar um problemão... ainda de início, mas que só foi percebido após a Jezebel permitir uma comparação!!!
    Item 6 - Resolvi semana passada! he he he

    Mais uma vez parabéns pelas valiosas informações. (Informações estas que muito fabricante se nega a passar "pra ver se vende mais peças")

    Abraço,

    ResponderExcluir
  2. Pois é, inesquecível aquela aventura... era o item 1, e eu morrendo de medo que fosse o item 7 (tem coisas que só uma kansas faz por você). As carretas passando à toda no escuro a metro e meio da gente, quase faço um número 2 nas calças ;)
    Um abraço,
    Jeff

    ResponderExcluir
  3. Boa noite, comprei uma XRE 300, 2012, ABS e de cara percebi que ao andar abaixo de 40KM/h, a mesma fica balançando muito horizontalmente, já calibrei os pneus mas não deu resultado, acima de 40Km não dá pra perceber tal vibração. O que pode ser?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Vanderlei, obrigado por acompanhar o blog!
      Vibração que aparece em uma velocidade e desaparece acima dela é sintoma de desbalanceamento, mas geralmente isso ocorre perto dos 80 km/h. Já conferiu se os aros não estão empenados? Como a moto é usada, sugiro levar a um borracheiro que trabalhe com motos, desmontar e inspecionas esses pneus para ver se não há remendos ou forros colocados na superfície interna dos pneus. Nunca use forros entre o pneu e a câmara, nem câmaras em pneus do tipo sem câmara. Causam superaquecimento e podem causar explosão do pneu. Se for mesmo apenas um desbalanceamento, é só instalar contrapesos adequados que o problema desaparece.
      Boa sorte!
      Jeff

      Excluir
  4. Minha cb300r está trepidando o guidon e instável em curvas acima de 80km, o que pode ser?

    ResponderExcluir
  5. Minha cb300r está trepidando o guidon e instável em curvas acima de 80km, o que pode ser?

    ResponderExcluir
  6. Jeff
    muito satisfatório tua explicação do por que a moto balança
    acho que agora sei que fazer
    estava triste já com minha 500 e vou aproveitar pra balançar a mesma
    valeu Jeff
    flavio Ibitinga SP

    ResponderExcluir
  7. Sou macaco novo hehe, recentemente tirei minha CNH, e agora estou com uma Apache 150. Não sei se é minha inexperiência, mas qualquer revelo, aqueles que ficam quando um buraco no asfalto é tampado, faz o pneu dianteiro puxar. Ontem mesmo tomei um susto a ponto de ter que freiar, vou calibrar os pneus e ver se obtenho algum resultado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem vindo, Felipe!
      Está começando com uma ótima moto. Há uma postagem falando só sobre ela:
      http://minhaprimeiramoto.blogspot.com.br/2016/11/apache-moto-mais-injusticada-do.html
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
  8. Minha moto é uma fan 150 e qualquer terra faz ela sambar muito a ponto de não ter como controlar, ontem levei um tombo por isso, nas curvas tbm ela samba a roda dianteira se tiver qualquer pedrinha por menor que seja, buraco pequeno ou qualquer coisa que desvie o pneu já faz ela sambar violentamente, não está com o aro torto nem a bengala, será que pode ser a bucha de balança ? Quando sento nela ela faz um barulho tipo rangendo... quando vejo terra ou pedras no asfalto já me dá pavor porque sei que vou perder o controle dela. O Pneu dianteiro é normal o traseiro da Strada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Rafael!

      Não adie essa verificação, pode criar uma situação de perda de controle da moto!

      Podem ser as buchas da balança e os rolamentos da(s) roda(s).

      O próprio alojamento do rolamento dentro da roda se deforma e afrouxa com o tempo, já tive de trocar uma roda por causa disso.

      Peça para alguém segurar firme a moto enquanto você tenta movimentar a balança de um lado para outro.

      Depois tente mover a roda e veja se ela se move em relação à balança.

      Em motos muito rodadas, é comum ambas apresentarem folgas.

      E fazendo essa revisão, já aproveite para ver se a coroa se movimenta em relação à roda.

      Lá dentro também tem bucha(s) que se desgastam e precisam ser trocadas a cada 30 mil km, ou menos, dependendo do uso.

      Tudo de bom,

      Jeff

      Excluir
  9. A minha moto ta com o pneu dianteiro balançando a frente ta toda arrochada mais não sei oque e sera que e os rolamento gasto porque eu batir ela numa calçada sera nessa batida ela pode ter gasto o rolamento oq vcs achao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bruno!
      A pancada também deve ter entortado a roda.

      A prudência recomenda trocar os rolamentos e a roda, além de verificar se os cilindros do garfo da suspensão dianteira não estão trincados.

      Inspecione também o pneu, se ele bateu a ponto de danificar a carcaça, melhor trocar. Um estouro de pneu é muito perigoso.

      E depois da montagem, faça o balanceamento do conjunto para leiminar de veza vibrações.

      Boa sorte,

      Jeff

      Excluir
  10. Boa Jeff! É a minha primeira moto, tenho uma titan 99, e hoje fui para o trabalho com o.meu colega que sempre levo junto, e quando fiz algumas curvas com ele, pensei que fosse cair,.porque sentir que a moto tava jogando a trazeira, parei para verificar se o.pneu havia furado mais nao, parei pra calibrar moto e msm assim ainda ela "rebolava", sozinho mão sentir tanto, eu estou preocupado, o que pode ser brow?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Alessando!
      Provavelmente era a posição do garupa...
      O peso de quem vai atrás desloca o centro de gravidade do conjunto moto/ocupantes para trás, o que deixa a frente da moto mais leve, a direção fica instável.
      Dá uma lida na postagem:
      http://minhaprimeiramoto.blogspot.com.br/2014/02/uma-bobagem-que-ja-mandou-muita-gente.html
      Lá eu explico isso em detalhes.
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
    2. Outra coisa também pode ser uma pressão de pneu baixa para duas pessoas.
      Pilotar com garupa exige aumentar a pressão dos pneus, isso faz a moto rebolar.
      E eu esqueci de dizer, ao levar alguém na garupa, o piloto precisa se sentar mais à frente praticamente no tanque e o/a garupa o mais pra frente possível, aí a pilotagem fica fácil.
      Até mais,
      Jeff

      Excluir
    3. Caramba, Alessandro, você disse que calibrou e eu não li...
      Se não houver folga nas buchas da balança como dito na postagem, é mesmo a posição do garupa.
      Um abraço,
      Eu de novo

      Excluir
  11. E me desculpe, errei seu nome, o certo é Alessandro.

    ResponderExcluir