sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Esteja sempre preparado

Pilotando você precisa sempre estar preparado para tomar decisões muito rápidas...



Uma decisão rápida pode fazer a diferença entre a vida e... um monte de lesões bem graves.

Entre nas curvas já contando em encontrar um idiota tentando uma ultrapassagem proibida.

Contar com um plano B a cada curva te evita grandes dores de cabeça.

E nos ombros, costelas, braços, pernas...

Um abraço,

Jeff
PS: Agradeço ao leitor Beto — verdadeiro irmão meu — que enviou o vídeo!

20 comentários:

  1. Alô Jeff.
    Vi alguma coisa na WEB sobre pilotagem sem surpresas, estar preparado sempre pro pior. Mas, volto aqui tornando a fugir do assunto. Te perguntei há alguns dias sobre barulho de latas batendo no motor da Falcon. Levei na concessionária. Condenaram eixo de comando (2.000,00), balancins, corrente de comando, pino do comando, tensor, ajustador. Total 4.000,00. Pedi pra fechar sem trocar nada (800,00). Valor da moto (9.000,00)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lamento saber, Eduardo...
      Qual o histórico dessa moto? Pode dar uma boa postagem...
      Que ano, qual a quilometragem, o tipo de óleo, se era medido conforme o manual ou conforme ensinado na concessionária, trocado a cada quantos mil quilômetros... uso prioritário em estrada, urbano ou misto...
      Só para a gente avaliar se seria diferente com 20W-50 e as dicas daqui do blog.
      Depois que fizer o serviço, mantenha sempre o nível correto, não confie nem na quantidade inicial colocada pela oficina...

      Excluir
  2. Vamos lá, 45.000 Km. O barulho surgiu depois de um ajuste de vávulas feito na cc. Teve também o fato de eu ter notado um pouco de patinação da embreagem em altos giros. Juntando com boatos do Mobil 20W50 estar sendo falsificado, troquei pelo Motul 20W50. Achei que a patinação fosse culpa do Mobil. Foi então que começou o barulho. Tenho subido a serra de Friburgo todo final de semana, 266 Km, somando ida e volta, no mesmo dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa, eu achava que ela estava usando 10W-30 para ter durado tão pouco...
      E o ano da moto? Você completava o nível ou colocava só a quantidade recomendada?
      Você ligava o motor para medir o nível de óleo?
      Na Falcon de cárter seco isso é fundamental, porque a medição de manhã somente tirando a vareta sempre dará um nível muito baixo porque o óleo estará todo no cárter.
      Na Falcon você precisa ligar o motor para o óleo subir do cárter para o reservatório onde está a vareta, e medir com a moto nivelada, somente assim você terá o nível correto.
      Subidas de serra consomem muito óleo. Você estava repondo corretamente?
      A coincidência entre o ajuste e a pane dá o que pensar... será que deixaram o tensor solto ou muito justo? Verifique isso com o novo mecânico na hora de reparar o motor.
      Em todo caso, boa sorte com o reparo!
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
  3. Continuando. Sempre segui o manual. Troca de com 3.000 Km, ou menos. Sempre Mobil 20W50. Comprei a moto com 22.000 Km, há uns 21 meses. Divido meus deslocamentos com uma Tornado, que comprei zero em 2009 e está com 200.000 Km (só abri motor dela pra trocar juntas e embreagem, aos 150.000 Km, o pistão tinha carbonização zero). Só abasteço as duas com gasolina Podium. Verifico o nível das duas, ligando de manhã, aquecendo na vertical por 5 min, desligando e mantendo no prumo por 2 min e aí sim completando no nível máximo da vareta.

    ResponderExcluir
  4. Continuando. O trajeto diário é de, + ou -, 65 km, do subúrbio até o centro saindo pra almoçar com uma das duas, e volta pra casa. Pilotando como dizem os paulistas, que nem "cachorro louco" (estou com 62 anos), mas sem forçar os giros, meus pneus traseiros duram 15.000 Km (Metzeller).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Xi, acabei respondendo antes de chegar a complementação... foi maus.
      Você tem uma moto que chegou a toda essa quilometragem e está medindo do jeito correto.
      Como a Falcon não chegou nem perto, desconfio que o primeiro dono a acreditou no que todas as concessionárias empurraram para os proprietários, vendendo a modinha do semissintético 10W-30 como sendo "um óleo melhor que o 20W-50"... e a bomba estourou na sua mão.
      É uma pena, mas tem muitas motos nessa situação e isso vai perdurar por muito tempo ainda... a honda criou essa situação e os donos é que pagam o pato...
      Boa sorte!
      Jeff

      Excluir
  5. Continuando (Obrigado pela paciência). Há uns 4 anos voltei eu mesmo a fazer a troca de óleo. Uma cc deixou o parafuso de drenagem frouxo, após a troca. Por sorte parei num shopping perto e vi a poça de óleo no estacionamento. Antes de disso, eles espanaram as roscas da tampa do filtro. A última, ao trocar o pneu traseiro na cc (os borracheiros não queriam fazer o serviço), regularam a corrente ajustando só um esticador, a roda estava torta. É pra ter medo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É fato, a falta de profissionalismo da moçada contratada pelas concessionárias para mexer nas motos dos clientes é assustadora... mesmo nas oficinas particulares já vi ajudantes que mais atrapalhavam do que ajudavam, aí não passava três meses achavam que já sabiam tudo da profissão corriam a abrir uma oficininha para concorrer com o ex-patrão...
      No mercado de motos isso tinha quer ser levado muito mais a sério, um vazamento de óleo por serviço mal feito pode custar vidas...
      Terrível.
      Um abraço, e obrigado por responder a todas as perguntas, e melhor sorte de agora em diante com essa Falcon,
      Jeff

      Excluir
    2. Nossa eduardo(sr) eu lembro de voce... que treta foquei muito sentido com a sua historia, pelo jeito que vc fala parece ser bem apaixonado pelas motocas que pena.
      Só uma duvida eles cobraram 800 so pra abrir avaliar e fechar? Medo kkkk

      Excluir
    3. Salário mínimo oficial de um mês para meio dia de trabalho de um funcionário... depois se lamentam que as concessionárias ficam às moscas.
      Por que não investem menos em visual da loja e mais em qualidade de atendimento?
      Blé.
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
    4. Meio dia se é que abriram todo o motor para a inspeção...

      Excluir
  6. Logo de cara quando vi o video pensei "sorte" ai revi e pensei "tava preparado" ai revi novamente com mais atencao e conclui "sorte" kkk
    Da pra ver que foi sorte pelo estilo que ele anda, ele ja vem ultrapassando em alta e vai deitando ela pra fazer a curva no estilo, mas é ai que a tecnica do rapaz entra se ele nao tivesse esse estilo nem daria pra ele dar aquele pulo perfeito se ele nao tivesse aberto muito a perna nem teria caido, teria saido do acidente em pe e andando. Eu espero ter essa agilidade se um dia chegar a minha hora(eita)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Outros diriam rabo mesmo...
      Um abraço,
      Jefff

      Excluir
  7. mestre, aconteceu o pior com outro motociclista.
    culpa foi das má condições da pista.
    http://wh3.com.br/liderfm/noticia/154974/morre-motoqueiro-maravilhense-em-acidente-na-br-282.html

    abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É triste, Muito triste Patrick...
      Não teve a chance de conhecer a criança que vai nascer...
      Não acredito que ele estivesse abaixo da velocidade máxima permitida na rodovia.
      O pessoal se empolga em ter uma 600, 900, 1200 e pensa que pode pilotar em rodovia como se estivesse em autódromo.
      Aí dá de cara com uma deformação dessa no asfalto e acabou a história.
      Muito triste.
      Obrigado pela colaboração, tentarei transformar em postagem, mas estou lotado de trabalho como não ficava desde julho de 2015 (pra ver como está feia a crise...)
      Tenho que aproveitar a maré.
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
  8. Duas pessoas morreram e uma criança de sete anos ficou gravemente ferida após uma batida entre duas motos na MG-050, em Itaúna-MG, na tarde deste sábado (11). De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMR), uma jovem identificada como Eversane Pereira Rufino de 27 anos conduzia uma das motos (CG-150) e levava enteada na garupa

    No sentido um homem identificado como Evaldo Duarte Batista de 41 anos, que conduzia outra moto (Hornet 600), tentou fazer uma ultrapassagem em local proibido e bateu de frente com a jovem e a enteada. O Eversane e Evaldo morreram na hora. Já a menina foi socorrida e levada ao Hospital João 23, em Belo Horizonte.
    E ontem domingo, 12/02 a criança veio a obto.
    03 mortes por imprudencia e correria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maldita ultrapassagem em local proibido...

      É proibida porque é próxima a uma curva ou lombada que não permite a visão de quem vem em sentido contrário. Aí o dono da moto potente tenta porque não quer abrir mão da adrenalina, acha que a moto cabe em qualquer espaço, pensa que terá reflexo para desviar de qualquer coisa... e entre as pistas havia tachões e somente aí é que ele descobre que tachões fazem perder o controle da moto.
      A desgraça é levar outras pessoas junto com ele. Matar uma criança de 7 anos...
      Excesso de velocidade e imprudência são as maiores causas de mortes entre os motociclistas. E a taxa de motociclistas vítimas de motociclistas imprudentes só aumenta.
      Profundamente lamentável.
      Um abraço,
      Ninja/Lobo!

      Excluir
  9. Jeff, tenho pra mim que Acidente, com A maiúsculo, é algo bastante raro de acontecer... Ouvimos falar muito pouco de um eixo quebrado, de quadros se partindo, pneus explodindo e desgovernando veículos, ou panes elétricas / mecânicas quando colocamos no outro pratdo da balança a imprudência, falta de capacidade / habilidade, bebidas, excesso de velocidade, desleixo com manutenção ou o excesso de adrenalina ou de confiança. A maior parte dos acidentes acontece por falhas essencialmente humanas, direta ou indiretamente. É uma sucessão de erros pequenos que provocam uma catástrofe.
    Hoje de manhã um acidente entre uma moto e um ônibus circular vitimou uma menina de 19 anos e feriu sua mãe, que estava na garupa.


    Se quiser dar uma olhada, segue o link da reportagem: http://bit.ly/2l7uR0l


    Ela morreu no caminho que eu sempre faço de casa pro trabalho, provavelmente vinha da mesma região que minha esposa e eu vínhamos também. A questão é que nesse horário, entre 7 e 8 da manhã (horário de verão) é IMPOSSÍVEL enxergar qualquer coisa na sua frente, já que o sol fica bem no meio da rua e na sua cara. Tantas vezes já comentei sobre isso que quando dá saímos mais cedo ou mais tarde pra evitar o ofuscamento. E na maioria das vezes, quando precisamos passar por ali nesse horário, levanto a viseira e atenção redobrada.
    As autoridades estão investigando o acidente e a morte da garota, mas algumas testemunhas disseram que ela não parou na esquina e atravessou direto na frente do ônibus, como se não o tivesse visto!
    Pode ser que ela, ofuscada pelo sol forte, realmente não tenha visto o ônibus, e tenha entrado na frente dele.
    Ficamos muito tristes por essa notícia, e também por saber que, mesmo se este não for o caso, a imperícia e a imprudência vêm matando cada vez mais no trânsito caótico das nossas cidades.
    Um abraço.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso que me deixa indignado, veículos perigosos como motos serem entregues nas mãos de jovens inexperientes sem a menor preocupação em prepará-los para os perigos que irão enfrentar. O único interesse das empresas é vender.
      Onde estão os cursos de pilotagem gratuitos da honda? São raríssimos.
      Onde estão os cursos de pilotagem gratuitos das concorrentes da honda? São inexistentes.
      Esses empresários não têm consciência? Esses empresários não têm coração?
      Eu conferi o local do acidente no google maps... independente das condições de visibilidade no local naquela hora, ela não respeitou a sinalização de parada obrigatória.
      De carro, um descuido como esse resulta em uma batida sem vítimas.
      De moto, resulta em morte(s).
      Faço o que posso aqui no blog, mas alguma coisa precisa ser feita em termos de obrigatoriedade de seriedade por parte dos fabricantes, auto e motoescolas, e também autoridades de trânsito e estrutura viária.
      Essa matança de jovens precisa acabar!
      Obrigado pelas informações, e um abraço,
      Jeff

      Excluir