terça-feira, 12 de novembro de 2013

EXTRA, EXTRA! HONDA ADMITE QUE CG USA MAIS ÓLEO!

O título original era honda limpando a cag... ahn... salvando as aparências.

Consegui confirmar minha denúncia sobre a falta de óleo nos motores honda (e não só eles) antes do que eu imaginava!


 Olhaí o manualzinho divulgando que o motor passou a usar 1,2 litro de óleo

Depois que a adoção do óleo milagroso honda 10W-30 provocou uma temporada de motores pipocando antes de acabar a garantia como nunca antes na história deste país, a honda tira a carta da manga e tenta salvar as aparências corrigindo a informação sobre a quantidade de óleo.

E para isso aproveita a desculpa de que o motor flex usa 1,2 litro de óleo.

Hahahaha!!!! Bull shit!!!!

Rodar com álcool ou gasolina não influi na quantidade de óleo que vai no cárter.

Mas essa foi a desculpa que o vendedor deu quando perguntei o que levou a essa mudança, se o motor é o mesmo há 40 anos.

Motores abrindo o bico por falta de óleo antes do fim da garantia, comprometendo a imagem da empresa, ah, isso sim faz a empresa se mexer e tentar limpar a... ahn... imagem, corrigindo a informação sobre a quantidade correta de óleo que vai no cárter.

E para salvar a pele, vale a pena abandonar o ótimo recurso de dizer que a moto usava menos óleo do que o necessário. Vão-se os anéis, ficam os dedos lambuzados de óleo.

Então olha aí, os mesmos motores que até ontem rodavam com 1 litro de óleo, a partir de agora magicamente rodam com 1,2 litro, por determinação da própria honda.

Está duvidando?

Então confere esse manualzinho que está sendo distribuído sem muito alarde em todas as concessionárias honda.

CG Fan 125:



CG Fan/Titan 150:


E se convença de uma vez por todas que a denúncia feita mês passado era 100% correta.

O que vai acontecer a partir de agora é que as motos vão parar de pifar antes do fim da garantia, porque o nível de óleo sempre estará correto (se o proprietário não descuidar).

Mas o câmbio continuará sendo sacrificado rodando com óleo pouco viscoso. Pelo menos eles livram a cara durante a garantia, e o que vier depois continuará sendo lucro.

O lobo perde um pouco de pelo, mas não a manha.

Um abraço,


Jeff
ATENÇÃO:
Conferir o óleo apenas tirando a vareta ou olhando o visor é errado e está destruindo seu motor! Os fabricantes divulgam informações contraditórias e o prejudicado é você. Veja a denúncia neste link.

20 comentários:

  1. Só imagino como vc deve estar após ter visto isso Jeff!!!

    ResponderExcluir
  2. Felicidade e alegria, Edi.... felicidade e alegria.... mas queria mesmo era ver a cara dos que duvidavam. Pensando bem, não quero não. Hehehehe
    Um abraço,
    Jeff

    ResponderExcluir
  3. caro Jeff, eu possuo uma Bros 2011 mix, essas dicas valiosas que você tem dado, li acredito que todas elas, em relação ao óleo tenho que completar mais 200 ml? e quanto ao 10w30, posso colocar o 20w50 semisintetico ou mineral? tem uma marca boa pra indicar?

    ResponderExcluir
  4. ola,, 1,2 nao se refere quando se abre o motor ? jeff

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Fernando!
      Sim, o primeiro enchimento do motor pede 1,2 litro de óleo.

      Mas quando você escoa o óleo e desmonta o motor para reparo, o fato é que você não encontra 200 ml de óleo preso lá dentro, nem tem onde ficar preso. Quando muito tem uns 50 ml, não mais do que isso. Então por que a honda manda colocar 1,2 litro? Gostaria que eles viessem explicar.

      Além disso, algumas concessionárias já estão colocando a quantidade correta (1,2 litro) sem falar nada para o cliente. As tais trocas gratuitas durante a garantia... depois o dono vai colocar só 1 litro porque é o número que foi martelado durante 40 anos na cabeça de todo mundo, mas não é o que o manual manda fazer.

      Lá diz: "Coloque 1 litro e meça, se estiver faltando complete até chegar na marca de nível superior." E aí vão os 200 ml a mais.
      Faça o teste na sua moto e comprove por você mesmo. Meça exatamente conforme descrito no manual, com o motor frio pela manhã ligando por alguns poucos minutos e desligando o motor, medindo a vareta sem parafusar. A coisa toda é um verdadeiro escândalo.

      Transcrevo abaixo o comentário do leitor Netto feito agora em 29/07 na postagem Óleo da Intruder 125 e a farsa desmascarada:

      "Há uns dois meses adquiri uma Honda CG 160 com 6 mil km e a primeira coisa q fiz foi trocar o óleo, e realmente comprovei q apesar da Honda indicar 1 litro de óleo, ela pega aproximadamente 1,3 litro (com apenas 1 litro a medição na vareta conforme o manual aponta o nível mínimo), você estava certo !"

      http://minhaprimeiramoto.blogspot.com.br/2016/07/troca-de-oleo-da-intruder-125-e-uma.html

      Um abraço,
      Jef

      Excluir
  5. Comprei uma Honda fan 160 2016, ela usa o tal 10x30, o mecânico colocou 1.2 ml, eu vi ele colocando, ficou muito cheio o cárter, passou do limite na vareta, então esvaziei um pouco em casa mesmo, pois vi no manual" 1 litro após drenagem, 1.2 se o motor for desmontado"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  6. A moto tá com 1300km, tá fazendo uma barulheira desgraçada, já tive uma fan 125 e na primeira troca óleo coloquei logo o 20x50. Vendi com 45 mil km, estado de zero , motor zero....comprei a fan 160 ESDI,vou ser obrigado a usar o óleo 20x50

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Refiz o comentário porque respondi o primeiro antes de chegar o segundo:
      O óleo 20W-50 é o mais adequado para as temperaturas de nosso país.
      Essa informação de que não cabe 1,2 litro de óleo na CG 160 é estranha porque aparentemente só mudou o cilindro e cabeçote, então a capacidade
      do cárter é a mesma.
      Por acaso você mediu logo após a troca e sem ligar o motor? Isso falseia o resultado.
      A medição tem que ser feita com o motor frio depois de ligar o motor por alguns minutos e desligar.
      Essa questão de 1,2 litro ser a quantidade apenas após desmontagem do motor leva a uma pergunta:
      Quando você drena e desmonta um motor, não encontra 200 ml de óleo presos lá dentro.
      Se 1,2 litro é a quantidade para o primeiro abastecimento e quando você desmonta o motor só encontra 50 ml, qual o sentido desses 200 ml a mais apenas para o primeiro enchimento?
      Taí uma coisa que eu queria ver um engenheiro da honda respondendo...
      honda e qualquer outro fabricante que informa uma quantidade e manda colocar mais óleo...
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
    2. Obrigado, Jeff... Valeu pelas explicações, um abraço..

      Excluir
  7. Bom dia !tenho uma Titan fan 2012 flex..só coloquei o Mobil 10/30 nas primeiras trocas de óleo (umas 5x) depois passei a utilizar o mobil 20/50,a minha moto está com 65 mil km e nunca saiu fumaça alguma ,inventei de colocar o 10/30 e saiu um pouco de fumaça do motor.
    Troquei de novo e coloquei o 20/50 e a moto não saiu mais fumaça ....
    No manual fala pra usar o 10/30 ,acho que a Honda está enganando o consumidor

    ResponderExcluir
  8. O curioso é que a justificativa para usar 10W-30 é justamente reduzir o nível de consumo e emissões...
    Consumo pode ser, mas emissões...
    Um abraço,
    Jeff

    ResponderExcluir
  9. Olá. Muito bom o seu blog. Parabéns pelo trabalho!
    Eu tenho uma CG 150 Sport ano 2006, que adquiri zero, e recentemente a moto completou 36 mil km (ou seja, pouco rodada em 10 anos de uso).
    Sempre fiz as trocas de óleo a cada mil km, como manda o "conhecimento popular", usando o Mobil 20W50, recomendado pela própria Honda no manual da moto.
    O motor sempre rodou liso, sem problemas, a principalmente a embreagem, sempre perfeita. Na última revisão a Honda tacou esse novo óleo 10W30 e vc pode imaginar a porcaria que ficou... embreagem patinando em quarta e quinta marchas, motor esquentando mais que o normal, e uma concessionária teimando que agora o óleo é esse, que é o melhor do mundo, e que por 10 anos o óleo Mobil estava errado! Parece piada, mas de fato ouvi isso.
    Infelizmente só percebi que o problema era o óleo depois que rodei quase 600 km. Então realizei a troca pelo Mobil que sempre usei, mas a embreagem continuou patinando, apesar de menos. Rodei 400 km e troquei novamente, dessa vez pelo Lubrax 20W50, recomendado por um amigo que disse que só usava esse óleo. De fato a moto está bem melhor, patinando menos, mas ainda sim as vezes dá uma patinada. Já rodei 300 km com esse Lubrax, mas coloquei apenas 1 litro, como sempre fiz.
    Vc acredita que vale a pena colocar mais 200 ml?
    Fiz a medição do óleo e pareceu que o nível está normal, na marca superior. Mas para ligar a moto de manhã somente com afogador, então não sei se isso pode influenciar na medição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Matheus!
      Obrigado pelo depoimento!
      Usar o afogador não interfere com o procedimento de medição, o importante é manter o motor funcionando para que o óleo circule no motor por 2 ou 3 minutos, como manda o manual.
      Aí você tira a vareta e vê que o óleo está realmente no mínimo.
      A honda faz um papel ridículo usando esse óleo 10W-30. Tem uma postagem onde mostro a foto de um manual em Inglês do começo dos anos 2000, quando os óleos sintéticos começavam a ganhar mercado.
      Ela fala que no caso do proprietário optar pelo uso de óleo sintético, ele teria de ser da mesma viscosidade e deveria ser trocado nos mesmos intervalos que o óleo mineral recomendado.
      Será que os engenheiros da honda eram incompetentes naquela época, quando ninguém reclamava?
      Será que ninguém lá percebe que os novos critérios são o problema?
      A coisa ficou tão feia que eles foram obrigados a trocar toda a linha de motores + o procedimento do manual do proprietário, que agora dá menos margem a interpretações erradas. Mas eles nunca irão admitir isso publicamente.
      Felizmente, os donos conscientes percebem isso que você fala, esse óleo propagandeado como superior simplesmente é inadequado para nós aqui no Brasil.
      Pelo critério dos engenheiros de antigamente, um 20W-50 semissintético certamente teria desempenho superior ao equivalente mineral. Mas um óleo fino como esse... não tem jeito.
      E a honda insiste em tapar o sol com peneira...
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
  10. eu coloco 1,2 litros na minha titan 160 e vou continua colocando.. alguem ai acha errado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. basta olhar o nivel cara, se ta no nivel correto ótimo

      Excluir
    2. jta gsf,

      A questão toda é que a quantidade não atinge o nível. O manual manda medir depois de ligar o motor e ligando o motor a quantidade recomendada não atinge o nível. Somente colocando o adicional — que o manual manda colocar — é que o nível fica correto e aí sim está ótimo.
      Esse é o X da questão que ninguém se atenta.
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
  11. A minha fan 150 tem esses 1,2l. Coloquei apenas 1L. Devo colocar os outros 200ML?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. L,

      A coisa mais importante para a vida do motor não é a quantidade, e sim manter o nível de óleo correto.

      A quantidade será consequência disso, mas o motor consome óleo durante o funcionamento.

      Quando você precisar repor o óleo consumido, a informação da quantidade não servirá para nada, mas saber verificar o nível corretamente sim.
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
    2. Se a sua moto ainda faz revisões na concessionária e sua concessionária é honesta e coloca a quantidade suficiente para chegar ao nível correto, colocar uma quantidade extra por conta própria sem verificar o nível e portanto sem necessidade pode ser prejudicial ao funcionamento do motor.

      A vida do motor está em manter o nível sempre dentro da faixa ideal de funcionamento. Em uma moto nova, que consome pouco óleo, isso corresponde à quantidade recomendada mais o adicional necessário para chegar ao nível recomendado, que é a marca superior da vareta medidora ou visor.

      Essa quantidade adicional varia de modelo para modelo, é de aproximadamente 200 ml nas CG, é de 400 ml nas Kansas, é de 250 ml nas Intruder sem troca do filtro e 350 ml com troca do filtro...

      Por isso que a medição correta do nível é mais importante do que a quantidade em si.

      Sabendo medir corretamente você resolve o problema de qualquer moto.
      Abraço,
      Jeff

      Excluir