sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Youtubers ofendidos que não reconhecem seus erros

A gente passa alguns dias sem poder entrar na internet e quando volta encontra uma dúzia de comentários irritados do autor do vídeo da troca de óleo que falei outro dia.

Postei todos.
Bom, vamos lá:

Caro Rengaf 2 rodas:

Eu não te expus, eu somente postei o seu vídeo e apontei os problemas que podem surgir por causa do seu vídeo e de outros similares ao seu.

"Postei sem a sua ciência"? 

"Me processar porque peguei o "seu" vídeo"?


Vou te explicar algumas coisas básicas.

Você postou seu vídeo no youtube usando a licença padrão do youtube:
Ao fazer isso, você abriu mão da propriedade do vídeo, ele passou a ser propriedade do google, que é o dono do youtube.

Em troca, o google está te pagando uns trocados proporcionais ao número de visualizações que o "seu" vídeo recebe.

Conforme essa licença que você não leu, qualquer usuário do serviço do youtube pode reproduzir / compartilhar (share) o "seu" vídeo — desde que não pratique nada condenável perante a lei e as regras de uso do youtube.

Visualizações do "seu" vídeo no meu blog entram na sua conta, são contabilizadas para você.

Sua irritação não faz sentido, você está ganhando views com o meu blog, está reclamando do quê?

De ter sido "exposto"?

Desculpe, mas... 

Foi você quem tomou a decisão de se expor publicando um vídeo com problemas que você não percebeu.

Em vez de reclamar, a atitude adulta seria reconhecer o que está errado e argumentar educadamente defendendo seu ponto de vista.

Idealmente, providenciar um novo vídeo mais rico com o conteúdo adquirido nessa troca de ideias.

Desculpe novamente, estou pedindo demais.

"O cara (sem noção doido pra leva(r) um processo) vem fala(r) que toca(r) no óleo dá câncer."

Não sou eu quem fala, é a honda e mais uma pá de fabricantes quem fala isso em todos os seus manuais técnicos:
Fonte: Qualquer manual de serviços da honda e de outros fabricantes

Como você vê, não sou sem noção e nem sou doido.

Apenas desconhecia que você não acredita que o contato frequente com óleo usado pode causar câncer de pele.

De qualquer forma, desculpe novamente por te avisar. 

Por mim você pode até nadar em óleo usado, não estou nem aí, não é problema meu — só me preocupo em levar conhecimento aos meus leitores.

Naquela postagem, em nenhum momento eu me referi a você ou dei a entender que você seja um "babaca".

Você entendeu dessa maneira.

Quanta irritação injustificada. 

Você precisa melhorar sua autoestima, rapaz.

Por aí falam coisa muito pior deste blog e explicitamente a meu respeito e não me incomodo — estou com a minha consciência tranquila porque não sou eu quem está fazendo um papel lastimável.

Se me apontam algum erro real meu, admito e publico retratação aqui no blog.

Caso você não tenha algum argumento para usar além desse 'eu faço e não dá problema', sinto muito.

Você fazer e não dar problema não quer dizer que outras pessoas não terão problemas sérios por conta do que você não considerou ao publicar o seu vídeo.

Aproveitando, deixa eu falar:

Seu vídeo tem mais um problema grave que não comentei na outra postagem, mas fui lembrado pelo leitor Allt:

Ao esvaziar o radiador, o motor da moto de quem fizer esse procedimento, mesmo que faça tudo certo e não perca nenhum o-ring, irá funcionar por muito tempo a seco enquanto o filtro e o radiador são preeenchidos de óleo.

E nunca é demais lembrar, trabalhará com menos óleo do que o recomendado pelo fabricante porque você não leu o manual do proprietário nem fez o procedimento da maneira correta — não ligou e desligou o motor para medir o nível após a troca.

Não completou o óleo até atingir o nível máximo recomendado pelo fabricante.

Ao recomendar colocar apenas a quantidade da carcaça, você errou feio duas vezes.

São duas coisas que só servem para abreviar a vida útil do motor.

Mas como você disse, Rengaf 2 rodas, a moto é sua e você faz o que quiser com ela.

Por mim você pode continuar fazendo o que você quiser com a sua moto até o dia em que isso te der problema.

Só não induza outras pessoas a fazer coisas erradas.

Quer ensinar alguém, tenha a responsabilidade de publicar um vídeo no mínimo correto e respeitando o procedimento básico determinado pelo fabricante.

Quer enfatizar a "grande sacada" de esvaziar os dutos e o radiador de óleo?

Tenha a responsabilidade de atentar para as consequências e pelo menos alertar àqueles que seguirão suas dicas sobre os riscos envolvidos e como evitá-los.

Por exemplo, oriente sua audiência sobre a necessidade de colocar mais óleo do que o recomendado na carcaça — afinal, é você quem está apontando o dedo sujo de óleo para o número ali gravado.

Oriente sua audiência sobre a necessidade de medir o nível de óleo da maneira correta para que eles não entrem numa fria por tua culpa — afinal, foi ideia sua postar um vídeo orientando o pessoal a fazer isso.

"Cuidado com o processo nas costa(s)"?

Você fez o que fez, postou um procedimento totalmente problemático em desacordo com o fabricante da motocicleta — e vem no meu blog me chamar de "sem noção doido pra leva(r) processo"...

E eu é que tenho de ter cuidado para não ser processado?

Não tenho o menor receio.

Não fui eu quem te expôs, foi você mesmo no "seu" vídeo e em uma dúzia de comentários aqui no meu blog. 

Mais fácil é alguém te processar por recomendar 1.350 ml de óleo no motor depois de fazer um procedimento de esvaziamento do radiador de óleo onde essa quantidade não será reposta.

Sabe, ao estimular dezenas de milhares de pessoas a fazer um procedimento de troca de óleo incorreto e desautorizado pela fábrica que potencialmente irá danificar os motores, você está assumindo essa responsabilidade.

Um bom conselho:

Tenha cuidado com os processos nas costas.

Seja feliz,

Jefferson

35 comentários:

  1. Respostas
    1. Ah, não sou não, Elcione!
      Obrigado e um abraço,
      Jeff

      Excluir
  2. Boa Jeff. A ignorância de tudo é o que arrebenta este País, o pessoal não lê, não estuda, não quer nada de nada, mas quer dar pitacos em assuntos que não lhes competem e tentam levar outros para o buraco enlameado da ignorância.
    Parabéns pela postagem. Isso lembra o Juiz Sérgio Moro ontem na Câmara. O Bom contra o Mau.
    Viva a Verdade e seja Livre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, José Carlos!
      Colocar a candeia no candeeiro é um dever...
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
  3. Não tem como ler, e não comentar...

    O titulo do vídeo do cidadão já diz tudo: "...detalhe que quase ninguém faz"

    Pois é... Quase ninguém faz, por se tratar de um procedimento errado. alem do mais, esgotar a tubulação e o radiador de óleo, irá pedir maior volume de óleo quando for abastecer o cárter.

    E vendo que a medida informada nos manuais já é insuficiente fazendo o procedimento correto, fazendo errado, ficará abaixo do abaixo do nível.

    Mais, como a galerinha aqui não se preocupa em ler o manual, vamos fazer o que? E quando leem, falam perolas como "...onde está a obrigatoriedade de troca mesmo? Sem necessidade, só porque o manual manda?"

    Pois é... O manual pede, e vamos fazer porque?

    Por isso temos vários videos de caras pregos estourando motores por falta de óleo no Youtube (usando a licença padrão, podendo ser compartilhado inclusive no blog, diga-se de passagem).

    É o tipo de gente que fala "vamos fazer a aferição do óleo como pede o manual pra que? O meu jeito dá certo e já era... Minha moto fundiu o motor com 60 mil km e acho super normal".

    Aqui Jeff, faço um alerta aos leitores do seu respeitado blog:

    "Contra fatos, não existem argumentos. Tudo o que é dito aqui, tem base em muito conhecimento, leituras de manuais e um técnico em lubrificação industrial que tem base, e é gabaritado no que fala e defende."

    Leiam, pesquise e se informem. E claro, absorvam o que acharem correto. Vejam se prefere seguir as informações do nosso caro Jeff, ou de um zero a esquerda com graves problemas de baixa autoestima.

    Valeu...

    Ps.: Jeff, to trabalhando no post sobre trocas de marchas sem a embreagem em caso de emergência. Em breve enviarei no seu email para você revisar e publicar o que achar útil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Allt!
      Tanto pelo comentário quanto pela matéria sobre a troca de marchas sem embreagem! Fico no aguardo!
      Não se esqueça de enviar para o email novo (postagem anterior a esta).
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
  4. Só vim pra deixar o meu
    "Por mim você pode até nadar em óleo usado"
    kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Felipe adora uma pequena maldade... hehehe
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
  5. Jeff, eu AMO quando você faz um post desses !!!

    Deixar um mané desses no chão e provar por "A+B" que ele tá errado. Se ele deu a sorte até agora nesses 95.000km de não ter nenhum problema, que ele jogue na megasena que ele ganha fácil !!! O que eu vejo de moto mais nova que a minha (Honda Fan ESi 150 2011/2011) toda "fudida" e "fumando" não é brincadeira. Todos que andam na minha, elogiam que ela está ótima, perguntam a km real e o que eu faço nela para ficar assim, pois não acreditam nos mais de 16.000km que marcam no painel. Na verdade ela já foi batida, virou um maracujá e precisou trocar o painel, além de outra peças. Gastei uns R$3.000 pra deixar ela pronta pra rodar. A esses 16.000km, some mais 36.000km e vai ter a real km dela. Mais de 52.000km, em 5 anos de uso, sem precisar fazer retífica de motor, ou algo a mais. Mas cada revisão de 4.000km, eu gasto uns R$500,00 nela. Troco tudo de forma preventiva, uso os melhores produtos que tiver no mercado, gasto uma grana preta, mas prefiro fazer isso, do que ficar me arriscando a chegar nos 95.000km dessa forma como esse cara faz. A vida é dele e ele sabe o quanto vale pra se arriscar dessa forma. Eu vou continuar gastando o que tiver e não tiver, para manter minha moto em dia, pois não tenho grana para comprar uma nova, e não tô afim de arriscar minha vida à toa em cima dela. Quero é curtir os passeios e viagens !!!

    Vou continuar sendo fã do seu blog, e compartilhar para alertar outros usuários de motocicletas. Até meu mecânico de confiança começou a ler suas postagens e a mudar seu modo de trabalho. Segunda dia 05/12 a minha nega vai pra revisão, para dia 09/12 eu curtir 280km (ida e volta) de um passeio muito prazeroso.

    Abraços !!! Estamos contigo !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Marcelo!
      Com 52 mil km sua moto ainda é uma criança, vai triplicar essa quilometragem antes de você começar a pensar em retífica.
      Segunda-feira entra uma postagem mostrando um vídeo do Furlani que comprova tudo aquilo que eu sempre disse e que nós comprovamos na prática em nossas motos.
      Para quem quiser ir saboreando com antecedência:
      https://www.youtube.com/watch?v=A4gv7-STb98
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
    2. A moto dele tem 95 mil km porque é uma Fazer 250. Qualquer outro modelo teria explodido numa bola de fogo com 30 mil km.

      Excluir
    3. Olá, Wesley!
      Eu pensei parecido, a Fazer tem o cilindro vitrificado, motor bom demais que a yamaha está tentando matar recomendando troca do óleo mineral a cada 5 mil km.
      Queria ver ele se ele conseguiria chegar a 95 mil km com uma Kansas.
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
    4. Ou fazer o que ele faz e chegar a 15 mil km com uma CB 300...
      Eu de novo,
      Jeff

      Excluir
  6. Olá Jeff ! Da uma olhada no YouTube, uma pessoa disse que acho a solução para os cabeçotes trincados da cb300. Nome dele está como MAXTORK ENGENHARIA DE MOTOS. Dizendo que destaxando o cabeçote resolver

    Um abraço!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Louis!
      Vi o vídeo... dizer o quê?
      Se eles consideram que isso seja uma solução, só tenho a lamentar.
      Você comprar uma 300 e limar o motor dela para que tenha o desempenho de uma 250... e esse pessoal ter a coragem de propagandear isso como solução do problema... nem tenho o que dizer.
      Continuo achando melhor colocar a quantidade correta de um óleo adequado e continuar a desfrutar da moto como ela sempre deveria ter sido tratada.
      Será que vale a pena fazer uma postagem sobre isso?
      Bom, eles tiveram mais de 100 mil visualizações, talvez valha a pena, se conseguir eu faço.
      Um abraço, e obrigado pela dica,
      Jeff

      Excluir
    2. Concordo em parte. Colocar 1,8 litro de óleo 20w50 acredito que resolve o problema, pois são 300 ml que estavam faltando, de um óleo usado no Canadá. Porém, destaxar o cabeçote também é interessante, pois a moto passa é a andar mais, pois a cilindrada sobe de 291 pra 305 cc com isso. E a nova taxa de compressão aparentemente é suficiente pra queimar a nossa gasohol sem falhar (aliás, vemos fuscas e chevettes antigos com taxas de 7,5:1 e já vi até um fusca 1200 que se não me engano, é 6,8:1 funcionando relativamente bem com essa gasolina alcoolizada...).

      Excluir
    3. Olá, Wesley!
      Uma cilindrada maior não significa que a moto irá andar mais. Pelo contrário, ao diminuir a taxa de compressão você diminui a eficiência da queima do combustível. Uma Harley com motor de baixa compressão fabricada em 1936 atingia 150 km/h, hoje um motor 750 de alta compressão (entre outros fatores) atinge 270 km/h. Claro que o novo comando, curso x diâmetro do pistão e uma pá de outras coisas pesam, mas se você reduzir a taxa de compressão do motor de uma Ninja 750 e aumentar a cilindrada para 900 ou 1000, pode ter certeza de que ela não andará tão bem como uma 900. Aliás, não voltará a andar tão bem quanto uma 750... porque o motor perderá rendimento.
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
  7. Jeff sempre mandando bem kkkkkk.

    minha moto tem 65 mil km rodados (quilometragem real) e nunca precisou de retifica, e é pq eu sou o 3° dono dela, titan 150 ano 2010, revisão em dias troca de óleo a cada 1000 km, 6 anos de uso indo para o 7°. ela é minha primeira moto e não sabia de nada sobre motos depois que comecei a acompanhar seu blog aprendi muita coisa que mecânicos fazem errado por não saber ou por ignorância própria por confiar no que fazem e não se permitem aprender a maneira correta, já cheguei a confrontar mecânicos pela forma de troca de óleo que eles realizam e ainda mostrei o manual com o procedimento correto sem sucesso kkkkk talvez saibam o jeito correto, mais por ganharem dinheiro como mecanicos fazem isso para os donos de motos gastarem mais. infelizmente a honestidade nao fazem parte de todos. O importante que aprendi a forma correta de troca no seu blog jeff e obg por TENTAR sempre nos ajudar da forma correta e honesta.

    abraço jeff.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Jorge!
      É como você diz, quanto mais problemas as motos tiverem, mais trabalho para os mecânicos. É por isso que admiro caras como o Furlani, que denunciam, mostram e comprovam essas práticas danosas.
      Segunda-feira eu posto um vídeo do Furlani comprovando tudo isso, se quiser ver com antecedência o endereço é este aqui:
      https://www.youtube.com/watch?v=A4gv7-STb98
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
  8. Aêe,tava cansadão,mas agora com este comentário do colega Jorge Maclay (só tem nome bacana por aqui)voce tomou um revigorante,não foi?? hehe
    Não falei que tinha (e tem) um monte de agente secreto do seu blog por aí,só comendo quieto,sem comentar?
    Escrever é chato,por isso a gente deixa pra voce porque o dono do boi é que pega pelo chifre!!! hahah Aquele abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Pedra!
      Realmente, nos últimos dias só tenho tido alegrias. Cada vez mais aparecem vídeos e depoimentos confirmando tudo aquilo que sempre defendi. Acontece agora o mesmo que aconteceu quando eu participava no fórum da dafra: cada dia ganho mais amigos!
      E o melhor de tudo é que não é mais somente entre donos de dafra, agora é entre proprietários de motos de todas as marcas... menos um ou dois cabeças-duras que nunca darão o braço a torcer, azar deles.
      Sobre os defensores do blog espalhados por este mundo virtual, só tomem cuidado para a militância não virar uma "seita", hein?
      Continuem críticos em relação a tudo, inclusive quanto ao que eu digo. Afinal de contas, fé cega é faca amolada, é ruim para todo mundo.
      Com isso quero dizer que a defesa excessiva de um ponto de vista pode fazer os receptores da mensagem a rejeitarem por preconceito.
      No mais, só tenho a agradecer a todos aqueles que ajudam a divulgar o blog para os amigos, muitas vezes sendo incompreendidos e até hostilizados... sempre haverá pessoas duvidando até mesmo depois que acontecer de o motor da própria moto abrir o bico...
      Colocarão a culpa até nos incas venusianos e nunca em si mesmos. Muito menos nos fabricantes que proporcionaram que tudo isso acontecesse.
      Para quem ainda duvida, é só assistir o vídeo indicado acima ou ler a postagem de segunda-feira.
      Obrigado pelo apoio de sempre e um abraço,
      Jeff

      Excluir
  9. Grande Jeff mitando mais uma vez. Eu confesso que por motivo de trabalho nao acompanhei a treta toda, mas vc como sempre responde firmemente e coerentemente a grosserias que esses "youtubers da internet" propagam.
    Esse cara é só outro "Jaislan" da vida, ficou doído pq o video dele tinha falhas e quis da uma de bonzão. Igual aquele guri que é dono da bola mas é tao ruim na pelada que ninguém passa a bola pra ele e ele vai embora com a bola chorando...
    Vou repassar isso a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Vyvern!
      Só espero nunca me tornar um mitomaníaco...
      Dei risada com sua comparação... assim como achei graça dele reclamar de ter sido "exposto". Até parece que está reclamando porque foi "apanhado" fazendo algo que não deveria.
      Bom...
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
  10. Bem,eu não queria não( rsrs,risos),mas, já que voce insiste...
    Esta semana ví por acaso(?) um vídeo do nosso garoto prodígio,tendo que comprar um kit inteiro de embreagem para sua suziki 150i,depois de rodar cerca de 30 mil km!!
    No vídeo dá pra ver a massa de pó de ferro com óleo e até os separadores "lixados' com ela! hahah
    Sim,exatamente o que voce disse que acontece com as peças dentro do motor!!
    Acho que voce terá que mostrar isso para comprovar o ditado que diz" mata a cobra e mostra o pau".hahah
    Não tem jeito,se voce fizer isso vai ser a pá de cal!!Grande abraço,man!OBS: tá qui o vídeo
    https://www.youtube.com/watch?v=rfOFDShTk-k

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Pedra!
      Eu tinha feito duas postagens comentando as opções absurdas que ele adotou. Como o assunto estava repetitivo, acabei fazendo aquela postagem sobre a suzuki com a colaboração involuntária dele.
      Vou deixar ele acabar de vez com o motor e aí posto aquelas duas e mais o resultado da obra.
      Coitado, ele é mais uma vítima das práticas dessa indústria... triste é que poderia ter se livrado disso, mas o orgulho e a teimosia falaram mais alto. Fazer o quê, né?
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
  11. Tenho que esclarecer que a moto dele foi até 70 mil km,mas só depois que ele passou a usar o óleo 10w40 é que o processo acelerou,pois ele já tinha rodado cerca de 40 mil km antes de usar a moto como motoboy.
    Juntou o óleo 10w40,mais o uso intenso da moto e a embreagem só aguentou 30 mil km,além dos 40 mil que já tinha rodado. Outros comentaram que as suas motos foram até 106 mil e 120 mil(este trocando óleo 20w50 de mil em mil km no vídeo do Takashi).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos ver onde isso termina.
      Pelo jeito, não vamos ter de esperar muito.
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
  12. Vai deixar ele acabar com o motor?Voce é mau,hein!!!??Mau como um pica-pau!!! srsr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele entende de mecânica mais que qualquer engenheiro neste mundo, quem sou eu para falar alguma coisa?
      Ele leu o blog e fez vídeos debochando das coisas ditas aqui, então ficamos eu cá e ele lá... Tem uma palavra em alemão para esse sentimento, Schadenfreude.
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
  13. mais um идиот como alguém que conhecemos, aliás, aquela criatura parou de vir encher o saco aqui?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Patrick!
      Por aqui parou de aparecer sim, mas pela internet ele continua falando mal do blog. O cara apela para qualquer coisa para ganhar visualizações.
      Estou só esperando para ver o que mais ele apronta para ver se vou precisar pegar pesado.
      Mas uma coisa é fato, depois que ele apareceu e deu suas contribuições invonlutárias, o blog ficou bem mais divertido.
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
  14. pegar pesado? aquela esfregada que vc deu com a cara dele no chão foi pegar leve? nossa, vou ali pegar minha pipoca pra esperar então.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, ele continua fazendo kkkkkk na internet e posando que sabe do que está falando. kkkkk é o único argumento dele.
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir
  15. Respostas
    1. Obrigado, Betinho!
      Ampliei a foto, é você mesmo, Betinho de Salvador lá do fórum dafra?
      Muito bom rever os amigos!
      Um abraço,
      Jeff

      Excluir